quinta-feira, 23 de julho de 2015

Polícia apreende US$ 7,2 mil dólares com piloto de avião que caiu em GO

Segundo polícia, ele alegou que quantia pertence ao passageiro, que morreu.
Aeronave está no nome de mulher que alega não ter conhecimento da posse.

Sílvio Túlio Do G1 GO
Avião cai em fazenda de Rio Verde, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)Piloto entregou dólares para a polícia em Rio Verde
(Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)
A Polícia Civil apreendeu US$ 7,2 mil com o piloto do avião que caiu em uma fazenda de Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Ele, que sobreviveu ao acidente, alegou que a quantia pertencia ao colombiano Sebastian Arango Correa, 33 anos, que morreu na queda. Ainda não se sabe a origem do dinheiro.
De acordo com o delegado Francisco Lipari, o valor foi entregue à polícia na última terça-feira (21), quando o piloto ainda estava internado se recuperando. O homem já deixou a cidade e voltou para São Paulo, onde mora.
"Ele nos disse que pegou o dinheiro no interior da aeronave, mas não sabe a sua procedência. O montante está apreendido e vai ser encaminhado ao Poder Judiciário junto com o inuquérito", disse Lipari ao G1.
O delegado explicou que Paula Arango, que mora no México e é irmã de Sebastian, deve chegar a Rio Verde na sexta-feira (24) para liberar o corpo do irmão. Ela também deve ser ouvida pela polícia.
Dona do avião
Lipari afirmou que a polícia já conseguiu descobrir no nome de quem está o avião. Porém, ao entrar em contato com a suposta proprietária, ela negou ser dona da aeronave.
"O avião está no nome de uma mulher que reside no Paraná. Entramos em contato, mas ela disse que não tem conhecimento da aeronave em seu nome, circunstância essa que também será apurada pela polícia", explica.
O delegado afirmou que, dependendo de como caminhar as investigações, deve pedir que a mulher seja ouvida através de carta precatória.
Acidente
O monomotor saiu de Jundiaí (SP) em direção a Rio Verde. O acidente ocorreu às 22h de domingo (19).
A queda só foi descoberta sete horas depois, às 5h de segunda-feira (20), quando o piloto retomou a consciência e ligou para a Polícia Militar. Em seguida, o Corpo de Bombeiros e a PM iniciaram as buscas pela aeronave. Por volta das 8h, um funcionário da fazenda em que o avião caiu achou o avião no pasto e acionou o resgate. O local fica a 5 km do aeroporto de Rio Verde.
Dois técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) começaram a analisar, ainda na segunda-feira, os destroços do avião. Por telefone, a assessoria de imprensa da Aeronáutica, responsável pelo Cenipa, informou ao G1 que a aeronave é um monomotor modelo PR-ITO Cessna 210 Centurion, mas não soube informar a quem ela pertence.

terça-feira, 21 de julho de 2015

Helicóptero da PM cai durante treinamento no Paraná

Dois ocupantes da aeronave não se feriram. Helicóptero voava baixo próximo ao aeroporto de Londrina quando perdeu estabilidade e caiu



postado em 21/07/2015 16:25 / atualizado em 21/07/2015 16:57

Divulgação

Um helicóptero da Polícia Miltar caiu durante um treinamento na tarde desta terça-feira, em Londrina, no Paraná. A aeronave do Grupamento Aeropolicial e Resgate Aéreo (Graer) voava perto do Aeroporto 14 Bis, no distrito de Warta. Ninguém ficou ferido

No helicóptero, chamado de Falcão II, estavam um piloto e um instrutor. Por volta das 15h, a aeronave vovava baixo e perdeu estabilidade durante uma tentativa de pouso na grama.

A aeronave ficou parcialmente destruída e tombou às margens da rodovia PR-545. As causas da queda ainda serão apuradas

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Avião de empresa de Lavras se choca com urubu e fere copiloto

Choque de pássaro com aeronave deixa copiloto levemente ferido e assusta tripulação de aeronave
Fotos enviadas via WhatsApp


Uma aeronave de uma empresa de Lavras, quando sobrevoava a Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), na sexta-feira, dia 17, se chocou com um urubu. O impacto quebrou o para-brisa e fragmentos do vidro feriram levemente o copiloto do avião.
Graças à habilidade do piloto e do copiloto, a aeronave foi trazida com segurança para o aeroporto de Lavras, onde permanecerá até que seja recolocado novo para-brisa, que não é feito só de vidro, ele na verdade é um sanduíche laminado de vidro, plástico, um filme de aquecimento anti-gelo e um filme antiembaçante. São três camadas de vidro, mais duas camadas de PVB (poly vinyl butyral) e os filmes entre elas. A camada externa e interna desse sanduíche é que são de vidro. Dentro destes painéis existem sensores de sobreaquecimento e de condução de energia para o aquecimento. A camada externa possui também uma camada de proteção hidrofóbica contra chuva.
O acidente foi comunicado ao Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), que abre um procedimento de investigação da área sobre a incidência de pássaros. 

Fonte: Jornal de Lavras.com.br

Passageiro morre em queda de avião em fazenda de Rio Verde, Goiás

Piloto retomou a consciência sete horas após acidente e acionou a polícia.
Aeronave caiu em pasto de fazenda localizada a 5km do aeroporto.

Paula Resende Do G1 GO
Avião cai em fazenda de Rio Verde, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)Avião cai em fazenda de Rio Verde (Foto: Gean Peres/ TV Anhanguera)
Um avião de pequeno porte caiu, na noite de domingo (19), em uma fazenda a 5km do aeroporto de Rio Verde, no sudoeste goiano. No entanto, a queda só foi descoberta sete horas depois, quando o piloto retomou a consciência e ligou para a Polícia Militar. Havia um passageiro na aeronave, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
O piloto entrou em contato com os policiais por volta das 5h desta segunda-feira (20). Em seguida, o Corpo de Bombeiros e a PM iniciaram as buscas. Três horas depois, por volta das 8h, um funcionário da fazenda achou o avião e acionou o resgate.
O tenente João Lázaro Rodrigues de Morais contou ao G1 que o piloto conseguiu se soltar das ferragens e se arrastar para fora da aeronave. Ao chegar ao local do acidente, os policiais colocaram o sobrevivente no carro da PM e o levaram até uma ambulância do Corpo de Bombeiros.
O piloto foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento de Rio Verde. Segundo a PM, ele teve ferimentos graves.
De acordo com os bombeiros, o avião é um monomotor. O piloto explicou para os policiais que  tentou pousar no aeroporto por volta das 22h, mas não conseguiu e teve que arremeter. A queda ocorreu logo depois, no pasto a 5 km do aeroporto.